PARA STEPHEN HAWKING, INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PODE PÔR FIM À RAÇA HUMANA

"O desenvolvimento de uma rede completa de inteligência artificial (IA), poderá resultar no fim da raça humana". O alerta foi feito pelo físico e cosmólogo britânico Stephen Hawking durante o GMIC Beijing 2017, realizado no fim de abril na capital chinesa.

"O desenvolvimento de uma rede completa de inteligência artificial (IA), poderá resultar no fim da raça humana". O alerta foi feito pelo físico e cosmólogo britânico Stephen Hawking durante o GMIC Beijing 2017, realizado no fim de abril na capital chinesa.

O cientista, que sofre de uma doença motora relacionada à Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e usa um sistema desenvolvido pela Intel para se comunicar, ressaltou que a inteligência artificial poderá se tornar uma rede independente futuramente e se redesenhar para melhorar o seu sistema. Humanos, que são limitados por seu desenvolvimento biológico, não poderiam competir.

Foi com preocupação que Hawking falou para uma plateia de mais de 3 mil espectadores durante o GMIC Beijing. De acordo com ele, não existe diferença real do que pode ser alcançado pela mente humana e por um computador.

Segundo especialistas, os avanços proporcionados pela IA nos levarão a um novo patamar de interação com tudo o que fazemos no dia a dia, a revolução que nos precede será ainda mais disruptiva quando comparada a revolução da internet nos anos 2000 e uma nova geração de inovações como carros autônomos, etc.

FonteComputerworld.

FONTE: http://www.cbsi.net.br/2017/05/para-stephen-hawking-inteligencia-pode-por-fim-a-raca-humana.html